sábado, 8 de dezembro de 2012

Sonhos


Você já se deu conta de que a vida é como arremessar um bumerange, te devolve na mesma proporção aquilo que você jogou? Já percebeu que a vida nos trata correspondendo a tudo que tiramos dela ou acrescentamos a ela? Então olhando por esta perspectiva, que tratamento você tem dado à sua vida? Que resposta você tem dado ao seus sonhos?


Não importa qual seja, nunca desista de um sonho que você tem. Lute por ele a todo custo. A vida não tem o mesmo gosto e alegria quando não possuímos um ideal a ser conquistado. Por isso, plante seus sonhos com firmeza e convicção em sua mente e coração, e lute como louco para que ele aconteça e se torne real. 

Mas atenção, nós só podemos chamar de sonhos as coisas que dependam exclusivamente de nós mesmos. Nada pior do que se desgastar e empenhar toda a nossa força e dedicação com algo que necessita da aprovação ou aceitação de outros. Sonhe com algo que somente você pode conquistar. 

Contratempos, bloqueios, muros de pedras... aceite-os como parte de sua jornada, mas não permita que eles tenham poder definitivo. Lide com eles e aceite que machucar-se ou cair é válido e suscetível, mas não deixe que nada disso tenha a palavra final. Passe por todo obstáculo que tiver de passar, ou desmonte-os pedaço por pedaço... persevere... e continue em seu caminho.

A verdadeira batalha não é travada com cenas monumentais de guerra, mas em pequenas vitórias minuto-a-minuto. É colocar continuamente um pé na frente do outro apesar de adversidades... mover-se para frente independentemente de qual direção o vento soprar...  viver cada dia, cada hora, com um propósito.

Grandes e pequenos passos igualmente fazem uma jornada. Alguns passos são leves e descuidados, outros estão sobrecarregados com dúvida e ansiedade. O ponto... em ambos os casos... é manter o movimento em direção ao seu objetivo, mesmo quando a probabilidade de sucesso parece remota. 

Há uma beleza verdadeira e duradoura em seguir os sonhos quando se escolhe acreditar neles. Quando se ouve o coração. A primeira voz que você ouve, a que fala e diz o que quer, mesmo quando a alma sente medo. Este é o grande poder que temos dentro de nós de atrair o que desejamos.




7 comentários:

  1. Ótimo texto!
    Temos que seguir nossos sonhos e deixar ouvir a voz do coração. Acho que alguns sonhos tem que se concretizar e nada de dizer que não valeu aquele não valeu. Mas sim correr atras deles.

    vou te seguir.

    ResponderExcluir
  2. Faz tempo que você não aparece viu. É os sonhos tem que ter muito força para consegui atingir eles ,porem é muito complicado muitas vezes. Você escreve bem e ainda tem um jeito de conversar com a pessoa pelo texto.... Agora é eu que vou sumi alguns dias...

    ResponderExcluir
  3. És um verdadeiro sonhador, Fernando. E pensar que eu já fui assim e admiro quem ainda cultiva os sonhos em um mundo tão cruel como este. Gostei da reflexão do começo, das perguntas para que busquemos respostas dentro de nós mesmos. Ótimo post!

    ResponderExcluir
  4. Lindo texto, Fernando!
    É preciso perseverar muito para não perder a capacidade de acreditar nos nossos sonhos. Ou melhor, para não perder a vontade de lutar por eles e de fazer com que eles se concretizem. Às vezes a gente cai tanto em busca daquilo que quer que acaba enfraquecendo, desistindo... Mas textos como esse nos fazem levantar e seguir em frente! :)
    Já tava fazendo falta ler suas postagens e ficar refletindo sobre elas, rs.
    Ah, indiquei você para receber um selinho lá no blog (http://chatanerd.blogspot.com.br/2012/12/selo-de-qualidade.html)! Espero que goste.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Olá, querido Fernando!
    Como cê está?
    Às vezes desistir dos sonhos é um grande erro, mas adiá-los para preparar a estrada uma boa alternativa. Sem os sonhos, somos iguais cactos no deserto, dia após dia, enfrentando um sol escaldante.

    T.S. Frank
    www.cafequenteesherlock.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
    reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho,
    Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
    decerto que virei aqui mais vezes.
    Sou António Batalha.
    Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
    PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar
    siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

    ResponderExcluir